Minha primeira aula de canto

Nem todo mundo sabe, mas eu simplesmente amo cantar. Entretanto, por eu ser muito tímida eu só cantava no chuveiro mesmo, apenas para mim mesma. Até que um dia eu estava cantando no chuveiro sem saber que minha tia estava na minha casa. Ela me ouviu cantar e resolveu me colocar em um coral. Fiz 6 meses de coral no Sesc, mas não me adaptei. Eu continuava sendo muito tímida e as vezes apenas fingia que estava cantando, mexendo a boca sem emitir som, já que minha voz podia ser facilmente mascarada pela voz dos outros.

Com o tempo, fui criando coragem para cantar na frente de pessoas muito próximas, mas apenas quando estava vendo um musical, por exemplo, ou ouvindo uma música alta. Nunca era apenas a minha voz. E as pessoas que me ouviam cantar seguiam dizendo que eu cantava muito bem, que minha voz é muito bonita. Mas eu continuava com muita vergonha.

Imagem: google

Imagem: google

Só depois que conheci e me envolvi com o Rafael eu comecei a perder a vergonha de certas coisas e comecei a confiar mais em mim mesma. Então, no meu primeiro aniversário como namorada dele, eu resolvi que queria comemorar em um karaokê e, de fato, cantar. Eu queria cantar na frente de várias pessoas, sozinha, com todo mundo conseguindo escutar minha voz claramente. E foi o que eu fiz! Finalmente consegui perder a vergonha e cantar na frente das pessoas.

Quando cantei, me senti tão bem, tão livre, que resolvi que não ia mais parar de fazer aquilo. Desde então, toda oportunidade que eu tenho de ir a um Karaokê eu vou, mesmo que isso signifique subir em um palquinho e cantar na frente de várias pessoas que eu nunca vi na vida (só aconteceu uma vez, mas foi um avanço gigante).

Enfim, depois de tantos karaokês, foi crescendo em um a vontade de fazer aulas de canto, mas minha situação financeira não permitia, então fiquei só na vontade, pesquisando escolas e tentando prever quando eu conseguiria fazer isso de fato.

Mas um belo dia eu estava no carro com minha mãe e ela começou a cantarolar Let It Go sem parar. Perguntei se ela queria que eu colocasse a música no celular para ela ouvir, tentei colocar, mas a internet não permitiu. Então comentei com ela que tinha me gravado cantando a música em um aplicativo de karaokê para o celular e, a pedidos, coloquei para minha mãe ouvir. Eis que ela ficou impressionada, já que minha voz quando eu canto não parece muito com minha voz normal (vocês podem me ouvir cantando Let It Go AQUI), e perguntou se eu não gostaria de, tcharam, fazer aula de canto! E eu aceitei!

Na semana seguinte entrei em contato com algumas escolas de música que já tinha pesquisado os preços, escolhi a que me parecia melhor, levando em conta preço e localização, e marquei uma entrevista. Depois de alguns exames médicos para saber se minha garganta e pregas vocais estavam ok, finalmente fiz minha matrícula e tive minha primeira aula na quarta feira.

Bom, por ser apenas a primeira aula teve bastante coisa teórica, pelo menos metade da aula foi entendendo o básico sobre voz, partituras e anatomia. Depois aprendi as formas corretas de respiração e descobri que eu respiro de forma completamente errada (o que não é bom, considerando que eu já tenho vários problemas na área respiratória), o que significa que vou ter que treinar até meu corpo acostumar com a forma correta de respirar. A parte mais legal da aula foi no finalzinho, quando “medi” minha voz para saber qual meu tipo vocal, ou seja, se tenho uma voz que alcança mais agudos ou mais graves. Pois bem, descobri que sou soprano 1 – o tipo mais agudo de voz feminina – o que significa que alcanço notas bem agudas. Consegui 2 oitavas e meia!

Preciso dizer que estou animada para a próxima aula, onde vou treinar uma música da Maria Rita em que estou completamente viciada.

Vou contando sobre as aulas a medida em que eu fizer.

Até a próxima!

fernanda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s