0

Receita: pão de iogurte integral

Oi gente, tudo bem?

Como eu já disse por aqui em algum momento, antes de me mudar para São José dos Campos não sabia cozinhar absolutamente nada. Mesmo. Por isso comecei com receitas bem simples, que não fossem trabalhosas e não exigissem muito conhecimento.

Depois de um tempo, quando já estava um pouco mais confiante na cozinha, peguei a receita de um pão de iogurte muito, muito fácil de fazer, chamado “pão de minuto”. Com a fase de tentar comer mais saudável que eu e meu marido estamos, resolvi adaptar a receita e substituir a farinha branca e o açucar. No começo estava um pouco insegura de que ficaria bom, mas olha… o resultado foi ótimo! Super aprovado! Fora que acabou levando muito menos farinha do que o tradicional (acho que a farinha integral “seca” a massa mais rápido). Continuar lendo

0

Limpeza da geladeira e do fogão

Oi gente, tudo bem?

Preciso confessar uma coisa: eu detesto limpar a cozinha. De todos os cômodos da casa, esse é o que eu mais odeio. Talvez por minha cozinha ser muito pequena, tudo fica meio apertado e ela não tem nem ralo pra poder jogar água. Fora que tem todos os eletrodomésticos de limpeza difícil, né?

Mas semana passada, depois de vários dias com doenças chatinhas, acordei na sexta-feira muito bem disposta e resolvi que era dia de resolver as pendências (vulgo ir ao banco). Aproveitei o embalo e o tempo que sobrou para dar aquela limpada na geladeira e no fogão. Outra confissão: desde que o Rafa comprou a geladeira eu limpei 3 ou 4 vezes, no máximo, e o fogão… bom, eu só limpava a parte das bocas e a porta, a parte de dentro nunca tinha limpado! Então vocês podem imaginar que não foi a coisa mais fácil do mundo deixar tudo bem limpinho. Mas deu certo. Continuar lendo

0

Organização: divisória para gaveta

Oi gente, tudo bem?

Não sei se vocês se lembram que, no post sobre organização da gaveta de camisetas, que eu pretendia fazer minhas próprias divisórias de gaveta, pois aqui em São José dos Campos é bem difícil de achar qualquer coisa. No Organize Sem Frescuras, a Rafaela Oliveira ensina a fazer divisórias de isopor, mas eu não queria comprar o isopor, porque aqui tem bem pouca papelaria, eu só conheço uma Kalunga que fica longe pra caramba e não tem isopor. Então tive que pensar em uma alternativa ao isopor pra conseguir fazer as divisórias.

Eis que um belo dia eu estava fazendo uma compra pequena no mercado perto de casa e vi um moço pegar várias caixas de papelão que estavam espalhadas pelos corredores. Pensei com meus botões: por que não usar papelão para fazer as divisórias? Então foi o que eu fiz! Na última ida ao mercado usamos caixas de papelão ao invés de usar sacolinhas. Cheguei em casa, desmontei as caixas de papelão  e cortei em tiras do tamanho que eu precisava para as gavetas.

Continuar lendo

0

Minha primeira aula de canto

Nem todo mundo sabe, mas eu simplesmente amo cantar. Entretanto, por eu ser muito tímida eu só cantava no chuveiro mesmo, apenas para mim mesma. Até que um dia eu estava cantando no chuveiro sem saber que minha tia estava na minha casa. Ela me ouviu cantar e resolveu me colocar em um coral. Fiz 6 meses de coral no Sesc, mas não me adaptei. Eu continuava sendo muito tímida e as vezes apenas fingia que estava cantando, mexendo a boca sem emitir som, já que minha voz podia ser facilmente mascarada pela voz dos outros.

Com o tempo, fui criando coragem para cantar na frente de pessoas muito próximas, mas apenas quando estava vendo um musical, por exemplo, ou ouvindo uma música alta. Nunca era apenas a minha voz. E as pessoas que me ouviam cantar seguiam dizendo que eu cantava muito bem, que minha voz é muito bonita. Mas eu continuava com muita vergonha.

Continuar lendo

0

Gnocchi de banana com couve e farofa de bacon

Oi gente, tudo bem?

Sei que fiquei um tempão sumida e um pouco foi por pura falta de tempo (pode parecer esquisito falar que não tenho tempo, mas as vezes acontece) e outro tanto foi por falta de vontade mesmo (aconteceram algumas coisas nos últimos dias que me deixaram bem desanimada).

Mas, enfim, estou de volta e tenho bastante coisa pra contar! Como é quinta feira, decidi  postar uma receita absurdamente maravilhosa que fiz no feriado: gnocchi de banana da terra com couve refogada e farofa de bacon. Sim, pode parecer estranho, você deve pensar que fica muito doce, mas não fica, podem acreditar.

Continuar lendo

0

Organização: gaveta de camisetas

Oi gente, tudo bem?

Sumi por alguns dias, mas já estou de volta!

Como eu já disse por aqui, antes de me mudar para São José dos Campos eu morava em um apartamento de três quartos com o Rafa, sendo que todos os quartos tinham armários embutidos. Ou seja, cada um tinha seu próprio armário (que eram grandes) e mais meio armário do último quarto. Portanto, o que não faltava era espaço para guardar o que quer que fosse.

Só que, quando nos mudamos para cá, alugamos um apartamento menor do que o que morávamos em São Paulo (lá não pagávamos aluguel, pois o apartamento é dos meus sogros), com apenas dois quartos e sem armários. Por estarmos em um local mais apertado, nem que quiséssemos poderíamos ter mais de 1 único armário. Os móveis que trouxemos já ficaram meio apertados, então tínhamos a missão de fazer caber tudo que estava em 3 armários em um só. Pesado, né?

Continuar lendo

0

Inspiração: home office

Oi gente, tudo bem?

Eu e meu marido estamos no início da nossa empreitada de procurar um apartamento para chamar de nosso, sabe? E o que nós decidimos que não pode faltar, além da varanda, é um lugar para servir de escritório. No final das contas, o homeoffice não precisa ter um quarto para chamar de seu, qualquer cantinho dá pra fazer um, até em uma varandinha!

Claro que se for um quarto somente para o escritório dá pra fazer muito mais coisa bacana, criar toda uma decoração própria e diferente, brincar com as paredes, enfim… Isso não dá pra fazer se você não tem muito espaço e tem que encaixar uma mesinha no quarto principal ou mesmo no quarto de hóspedes.

Continuar lendo